sexta-feira, março 28, 2008

Sigam-me os bons

Philippe Starck cabeça de cone: "tenho vergonha" (de ser designer) =O

Estava vendo mais um dos mil blogs de design, o Veer, e lá me deparei com uma declaração de ninguém mais ninguém menos que Philippe Starck. Ele dizia que seu trabalho foi inútil e que em mais ou menos dois anos vai largar de vez o design.

Bem, a fonte era esta entrevista aqui, que eu li traduzida pelo google, ou seja, não é muito confiável. É que a versão original é em alemão e eu não entendo bulhufas de alemão. De qualquer maneira, deu para pegar o espírito da revolta do Starck.

Eu mesma já pensei milhares de vezes em como o design é efêmero, que só existe porque existe o consumismo. Ajudamos na destruição da terra, fazemos parte do grupo dos vilões, então, qual a razão de tudo isso??

Mas a verdade é que o design, como TUDO neste mundo, tem seu lado bom e seu lado ruim, e eu, pessoalmente, acredito muito no potencial do design em atuar pelo bem da humanidade. Afinal, são os designers que, em parte, "controlam" o que a humanidade consome. E cada dia, damos mais importância para produtos sustentáveis.

E tem outra, sustentabilidade não se refere só a produção e descarte de objetos. Têm muito a ver com responsabilidade social. Fazer produtos (gráficos também!!) que contribuam para um desenvolvimento mais democrático da sociedade, que ajudem na inclusão social de pobres, que melhorem a qualidade de de pessoas com problemas físicos, que contribuam na educação das crianças. Há muito o que fazer!

Entendo por que o senhor Starck, hoje, deva estar pensando mesmo: "as coisas que eu fiz, em nada contribuiram com o desenvolvimento da sociedade", ou "serei lembrado por um espremedor de laranja que é um absurdo de caro e ninguém consegue comprar? grande coisa". É fácil pensar o design não vale a pena mesmo.

Mas eu não penso assim. Se por muito tempo, um objeto de design estava relacionado com a elite, hoje, temos que pensar ao contrário. Que todo mundo merece design e que ele deve mesmo estar presente em tudo ao nosso redor. Que hoje, existem muitos designers se formando, e que TODA empresas devia ter seu designer.

As pessoas devem estar cientes de que o design surgiu para melhorar os objetos, tanto na sua função, como na estética, na produção e no descarte. E o design gráfico está no meio disso tudo também. Ergonomia visual, neste mundo saturado de informações, é imprescindível.

Espero que o Starck mude de opinião. Mas se também não mudar, tem muito profissional bom por aí que não pensa assim.




Alguns produtos do Philippe. Para quem não gosta do trabalho que faz, ele fez coisa para caramba! Olhem o site do moço. Dá para passar a tarde vendo trabalhos dele: http://www.philippe-starck.com/

3 comentários:

Marcel disse...

Ótimo texto, e concordo com tudo o que vc disse

William disse...

Muito bom o texto. E na minha humilde opinião, o Starck devia deixar de lado um pouco o design de assinatura dele (que é praticamente arte) e dedicar-se ao design sustentável, social, e que realmente resolve problemas.

Abraço!
William

Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!